Buscar em     por     
     Minha Conta/Login | Publicidade | Contato     

     Home    PUBLICAR   CADASTRO   Pets Brasil   Postais   Busca RS   Ajuda










  Categorias

Ver Todas as Categorias

Procurar por municípios


  Serviços

Procura um novo amor? Cadastre-se grátis no Cupido BR

Mande postais gratuitos do RS e de todo o país. Agende eventos


  Destacados


Dr. MARCO TÚLIO VICHINSKI ROCHA



     

Você está na seguinte Editoria:   Home > Notícias > Economia > Agropecuária

Apicultores querem diversificar produtos

Comentários | Adicionar a Favoritos | Enviar a Amigos |


Publicação: 04/03/2009

Com o objetivo de aumentar a produtividade das colméias e diversificar os produtos apícolas comercializados, 12 produtores de mel, participantes do projeto Polo Regional de Apicultores da Serra Gaúcha, impulsionado pelo Programa Juntos para Competir, irão realizar um curso inédito na região sobre produção de abelhas-rainha. A capacitação será realizada em três períodos: dias 5, 6 e 7; 13 e 14; e 20 e 21 de março, na Associação Comercial, Industrial e de Serviços (Acis) de Antônio Prado, município distante 185 quilômetros de Porto Alegre. Os apicultores integram a Cooperativa de Apicultores da Serra Gaúcha (Coapiserra), de Antônio Prado, e a Cooperativa Vacariense de Apicultores (Avapis), de Vacaria.

O Juntos para Competir é uma ação do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Rio Grande do Sul (Sebrae/RS), em parceria com a Federação da Agricultura do Rio Grande do Sul (Farsul) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar). O programa busca organizar e aprimorar as cadeias produtivas do agronegócio no Rio Grande do Sul, como a bovinocultura de corte, a suinocultura, a ovinocaprinocultura, a fruticultura, a floricultura, a vitivinicultura, a apicultura e a cultura da cana-de-açúcar e seus derivados.

“O objetivo do curso é capacitar os apicultores em tecnologia para a melhoria de seus apiários, minimizando perdas de enxames, aumentando a produtividade de mel por colméia além de abrir a possibilidade para, futuramente, trabalharem na comercialização de rainhas e de enxames”, destaca a gestora do projeto Pólo Regional de Apicultores da Serra Gaúcha, Janine Basso Lisboa. Para ela, a importância do curso está justamente na qualificação dos apicultores para que possam trabalhar com melhoria genética em seus apiários. “A partir do momento em que o grupo souber produzir rainhas, estará se aprimorando e fazendo melhorias em enxames, isso acaba refletindo no aumento da produtividade das colméias”, afirma.

A consultora do Juntos para Competir, Maristela Krugel, que ministrará o curso, explica que irá trabalhar com um grupo seleto de apicultores que apontaram, ao longo de 2008, interesse em receber capacitação desse porte. “O trabalho será focado no estímulo natural da produção de rainhas. Com técnicas apropriadas, os apicultores poderão desenvolver um banco de abelhas-rainha para melhorar geneticamente seus apiários”, explica.

Conforme Maristela, o cronograma das atividades teóricas contempla temas como: por que produzir rainhas? (venda, banco de rainhas, produzir enxames ou núcleos, multiplicar enxames); princípios da produção artificial de rainhas (avaliação da rainha, substituição de rainhas, método e procedimento da orfanação); métodos de produção de rainhas, método enxertia, estrutura necessária para produção de rainhas (apiário e laboratório); nutrição (alimento energético e protéico, e candi); e cronograma de produção de rainhas. Serão tratados, ainda, as doenças e o melhoramento genético; o manejo de núcleos para fecundação de princesas e manejo de rainhas facundadas; e revisão do cronograma de produção de rainhas.

A etapa prática contempla: preparo dos alimentos artificiais e dos quadros porta-cúpulas, montagem das cúpulas de cera, ida ao apiário para seleção das colméias produtoras, orfanação das colméias, alimentação das colméias e seleção de quadros com larvas para coleta de geléia real. Também serão tratados a seleção de quadros com larvas de um dia, a preparação das cúpulas para a enxertia, a transferência de larvas para as cúpulas e a introdução dos quadros porta-cúpulas nas colméias selecionadas, entre outros temas.

O projeto Polo Regional de Apicultores da Serra Gaúcha é voltado para apicultores que participam do Programa Juntos para Competir, por meio de associações e/ou cooperativas apícolas dos municípios de Vacaria, Cambará do Sul, Antônio Prado e Ipê. O objetivo é aumentar o volume de mel comercializado, elevar a produtividade das colméias e diversificar os produtos apícolas trabalhados visando o desenvolvimento e profissionalização da apicultura na região.



Fonte:   Sebrae/RS



Fotos Adicionais



Classificação Média dos Visitantes:    0.00 (até 5)
Número de votos: 0 Votos

Vote no artigo:
 Comentários dos visitantes (0)
escreva um comentário (NÃO é para contatar o site)
(Não foram encontrados comentários. O seu pode ser o primeiro!)




 
     

 


Mapa do Site | Termos de Uso | Política de Privacidade | Fale a Seus Amigos |

Copyright © 1995-2014, Infomídia Produções. Todos os direitos reservados.
Este é um site de divulgação sobre o Estado do Rio Grande do Sul. Quer contribuir? Sua contribuição será muito bem-vinda.