Buscar em     por     
     Minha Conta/Login | Publicidade | Contato     

     Home    PUBLICAR   CADASTRO   Pets Brasil   Postais   Busca RS   Ajuda










  Categorias

Ver Todas as Categorias

Procurar por municípios


  Serviços

Procura um novo amor? Cadastre-se grátis no Cupido BR

Mande postais gratuitos do RS e de todo o país. Agende eventos


  Destacados


Dr. MARCO TÚLIO VICHINSKI ROCHA



     

Você está aqui:   Home > Meio Ambiente > Paraísos Ecológicos > Parque Estadual do Turvo

Santuário que esconde a onça e a anta

Comentários | Adicionar a Favoritos | Enviar a Amigos |


Page Views: 4807
Publicação: 08/09/2007

O Rio Grande do Sul é um dos estados onde ocorreu a maior devastação das matas nativas, em todo o país. Praticamente não existem mais florestas virgens no Estado. Mas, se existir alguma área, ela certamente se localizará no Parque Florestal Estadual do Turvo, no município de Derrubadas. Trata-se de um dos mais importantes paraísos ecológicos gaúchos, último reduto de animais raros como a onça pintada e a anta. Nesse parque, com 17.491,40 hectares, estão algumas das matas mais altas do Estado, com árvores de até 30 a 40 metros, últimos exemplares da densa floresta do Alto Uruguai, uma formação com características semelhantes às do Parque Nacional do Iguaçu, no Paraná. São muito comuns espécies de grande porte como a grápia, canafístula, cedro e angico, entre outras que se encontram num equilíbrio quase perfeito com a vegetação secundária e rasteira. Essa mata é uma das mais ricas em espécies vegetais, tendo sido contadas 727 num levantamento de pesquisadores do Departamento de Botânica da UFRGS. Falta agora complementar estudos acerca da interdependência que há entre elas, para que possa se saber como é que opera um ecossistema desse porte.

Fonte:  





Fotos Adicionais




 


Classificação Média dos Visitantes:    4.59 (até 5)
Número de votos: 10 Votos

Vote no artigo:
 Comentários dos visitantes (2)
escreva um comentário (NÃO é para contatar o site)
Amigo, é muito triste saber que nos restam tão poucas areas preservadas como essa, são fragmentos de matas que são praticamente inviáveis para a sobrevivencia de espécies que exigem grandes territórios para sua proliferação e diversificação genética, tal como é o da onça-pintada (Panthera onca). Inclusive a foto que você indica ser uma onça-pintada, na verdade trata-se de uma Suçurana ou Puma (Puma concolor) anteriormente (Felis concolor), no entanto da mesma forma, tão raro aqui no Rio Grande do Sul. Obrigado por compartilhar sobre este lugar!
23/11/2007 - Israel Clavé
OLA AMIGOS EU ESTOU MUITO IMPRECIONADO POIS NAO SABIA DA EXISTENCIA DE ONÇAS PINTADAS NO RGS ASSISTI NO DIA 2 DE MAIO A REPORTAGEM DO GLOBO REPORTER E PENSEI SERA QUE EXISTEM ONÇAS NO RGS MAS GOSTARIA SE FOR POSSÍVEL QUE VCS COLOQUEM UMA FOTO MAIS LEGIVEL POIS ESSA AI DA FOTO PARECE MAIS COM A ONÇA PARDA OK? MUITO OBRIGADO E PRABENS .
03/05/2008 - DANIEL OLIVEIRA DA SILVA




 
     

 


Mapa do Site | Termos de Uso | Política de Privacidade | Fale a Seus Amigos |

Copyright © 1995-2014, Infomídia Produções. Todos os direitos reservados.
Este é um site de divulgação sobre o Estado do Rio Grande do Sul. Quer contribuir? Sua contribuição será muito bem-vinda.