Buscar em     por     
     Minha Conta/Login | Publicidade | Contato     

     Home    PUBLICAR   CADASTRO   Pets Brasil   Postais   Busca RS   Ajuda










  Categorias

Ver Todas as Categorias

Procurar por municípios


  Serviços

Procura um novo amor? Cadastre-se grátis no Cupido BR

Mande postais gratuitos do RS e de todo o país. Agende eventos


  Destacados


Dr. MARCO TÚLIO VICHINSKI ROCHA



     

Você está aqui:   Home > Porto Alegre > História

O flagelo das águas aos longo da história

Comentários | Adicionar a Favoritos | Enviar a Amigos |


Page Views: 4354
Publicação: 24/09/2007

Grandes inundações e enchentes marcaram a cidade de Porto Alegre ao longo da história. A primeira documentada em registros históricos é de 1823, quando as inundações destruíram grande parte das plantações da cidade. Setembro é, historicamente, um mês marcado por intensas precipitações no Rio Grande do Sul a ponto de no vocabulário popular ter sido criada a expressão "Enchente de São Miguel", em alusão ao dia 29 de setembro que marca este arcanjo. Nos próximos dias há risco de cheia do Guaíba que pode afetar a população das ilhas, assim como vem reiterando em alertas a MetSul Meteorologia, o que suscita a questão dos histórico das inundações em setembro na capital gaúcha.

As enchentes na área urbana principal da cidade foram registradas pela última vez na década de sessenta. Após a grande inundação de 1941 foram adotadas diversas medidas de contenção contra cheias que tornaram as enchentes menos freqüentes na cidade, mas não impediram as inundações de 1965 e 1967. O maior volume de chuva em 24 horas no mês de setembro em Porto Alegre na série histórica 1961-1990 deu-se justamente em 1967 com 95 milímetros no dia 19. Nestes últimos quarenta anos as enchentes em Porto Alegre têm se limitado às ilhas, o que pode novamente ocorrer agora nos próximos dias. Mas a cidade sofreu gravemente com inundações ao longo da história no mês de setembro. Em 1833, por exemplo, relatos históricos da época descrevem uma inundação de grandes proporções com as águas atingindo a Rua Marechal Floriano. Em 1847, uma outra enchente, também em setembro, castigaria a cidade. Uma grande imundação voltaria a castigar Porto Alegre em 1873 devido às intensas precipitações ocorridas no final de setembro e começo de outubro na Bacia do Jacuí. A Rua dos Andradas e o Caminho Novo (Voluntários da Pátria) ficaram debaixo d’água. O serviço de bondes foi interrompido em inúmeros pontos. Foi uma das maiores inundações na capital gaúcha de todo o século XIX com o Guaíba 3,5 metros além da cota.

Veio então 1926. A maior "Enchente de São Miguel" de Porto Alegre no século XX. A cheia atingiu grandes proporções. Algumas ruas do Centro e do Menino Deus ficaram cobertas de água e era possível andar de barco. Entre 13 de setembro e 3 de outubro daquele ano choveu 317,7 milímetros em Porto Alegre, observando-se chuva em 16 dias.

Em setembro de 1928, o Guaíba chegou a ficar 3,20 metros além da cota, novamente produzindo-se uma cheia. Mas nenhum dos episódios seguintes no século XX durante o mês de setembro superou em gravidade o que ocorreu em 1926, quando grande parte da cidade ficou submersa.



Fonte:   MetSul Meteorologia





Fotos Adicionais




 


Classificação Média dos Visitantes:    3.57 (até 5)
Número de votos: 7 Votos

Vote no artigo:
 Comentários dos visitantes (0)
escreva um comentário (NÃO é para contatar o site)
(Não foram encontrados comentários. O seu pode ser o primeiro!)




 
     

 


Mapa do Site | Termos de Uso | Política de Privacidade | Fale a Seus Amigos |

Copyright © 1995-2014, Infomídia Produções. Todos os direitos reservados.
Este é um site de divulgação sobre o Estado do Rio Grande do Sul. Quer contribuir? Sua contribuição será muito bem-vinda.