Buscar em     por     
     Minha Conta/Login | Publicidade | Contato     

     Home    PUBLICAR   CADASTRO   Pets Brasil   Postais   Busca RS   Ajuda










  Categorias

Ver Todas as Categorias

Procurar por municípios


  Serviços

Procura um novo amor? Cadastre-se grátis no Cupido BR

Mande postais gratuitos do RS e de todo o país. Agende eventos


  Destacados


Dr. MARCO TÚLIO VICHINSKI ROCHA



     

Você está aqui:   Home > Turismo > Fronteira > Informações Gerais

Porto Alegre: Uma história conturbada

Comentários | Adicionar a Favoritos | Enviar a Amigos | Reportar Abuso

Page Views: 1125
Publicação: 11/09/2007
Atualização: 11/09/2007

Em 1680, quando a ocupação portuguesa se estendia no Brasil somente até Laguna, em Santa Catarina, foi feita a arrojada tentativa de ocupar o Prata, instalando-se a Colônia de Sacramento, mas sem qualquer apoio de retaguarda.
 
 Até o final do século seguinte, Portugal e Espanha alternaram-se na posse da Colônia, até que, depois de diversos tratados, a região terminou por ficar com a Espanha, trocada com uma grande área no Rio Grande do Sul, conhecida como Sete Povos das Missões, onde se concentravam reduções jesuíticas que, após a expulsão dos jesuítas e inúmeras guerras cisplatinas, acabaram sendo dizimadas, restando, atualmente, umas poucas ruínas no Brasil, Argentina e Paraguai.
 
 Diante dos conflitos na Colônia de Sacramento, as tropas espanholas procuraram fortalecer sua retaguarda ocupando Montevidéu e arredores, e as portuguesas estabeleceram o seu núcleo de apoio na cidade de Rio Grande, principal cidade portuária do Rio Grande do Sul.
 
 No atual Uruguai, pouco depois de Rio Grande, próximo ao Chuí e Chuy, a posse esteve ora com a Coroa Espanhola, ora com a Coroa Portuguesa.
 
 No lado português, depois de Rio Grande, os imensos banhados e lagoas que separavam a região do Uruguai dificultavam a ocupação e, mesmo, a movimentação de tropas.
 
 Esta era a "terra de ninguém" ou os "Campos Neutrais", reconhecidos pelo Tratado de Santo Ildefonso.
 
 Campos Neutrais também terminou sendo a denominação de um povoado surgido na região e que atualmente tem o nome de Santa Vitória do Palmar, município que é o principal ponto de apoio para uma visita a essa região.
 
 Essa área passou ao controle português quando o governador-geral da capitania que deu origem ao Rio Grande do Sul, dom Diogo de Souza, doou sesmarias aos oficiais que o auxiliaram na intervenção armada feita no atual Uruguai, a pedido do vice-rei espanhol, quando Artigas cercou Montevidéu, durante a revolução de independência da Argentina (à qual estava integrada a banda oriental do Uruguai).
 
 Dom Diogo derrotou Artigas e, com esse trunfo, tomou a iniciativa de ocupar os Campos Neutrais, apesar do impedimento estabelecido no Tratado de Santo Ildefonso.
 
 Somente em 1851 houve o reconhecimento da posse e, quatro anos depois, é que surgiu a vila que daria origem ao atual município de Santa Vitória do Palmar.

Fonte:



Fotos Adicionais




Classificação Média dos Visitantes:    5.00 (até 5)
Número de votos: 1 Votos

Local de Votação:
 Comentários dos visitantes (0)
escreva um comentário (NÃO é para contatar o anunciante)
(Não foram encontrados comentários. O seu pode ser o primeiro!)




 
     

 


Mapa do Site | Termos de Uso | Política de Privacidade | Fale a Seus Amigos |

Copyright © 1995-2014, Infomídia Produções. Todos os direitos reservados.
Este é um site de divulgação sobre o Estado do Rio Grande do Sul. Quer contribuir? Sua contribuição será muito bem-vinda.