Buscar em     por     
     Minha Conta/Login | Publicidade | Contato     

     Home    PUBLICAR   CADASTRO   Pets Brasil   Postais   Busca RS   Ajuda










  Categorias

Ver Todas as Categorias

Procurar por municípios


  Serviços

Procura um novo amor? Cadastre-se grátis no Cupido BR

Mande postais gratuitos do RS e de todo o país. Agende eventos


  Destacados


Dr. MARCO TÚLIO VICHINSKI ROCHA



     

Você está na seguinte Editoria:   Home > Notícias > Educação

Educação esclarece sobre atual oferta e funcionamento de núcleos de jovens e adultos

Comentários | Adicionar a Favoritos | Enviar a Amigos |


Publicação: 25/09/2007
A Secretaria da Educação pretende qualificar a Educação de Jovens e Adultos (EJA), assim como tem o compromisso de melhorar todos os níveis e modalidades de ensino do Estado. A afirmação foi feita pela diretora do Departamento de Pedagógico da secretaria, Sônia Balzano, em audiência pública da Comissão de Educação da Assembléia Legislativa. A reunião, que ocorreu nesta terça-feira (25), discutiu a atual oferta e funcionamento dos Núcleos Estaduais de Educação de Jovens e Adultos (Neejas) e contou com a presença da chefe de gabinete e secretária adjunta da Educação, Salete Cadore, e do diretor-geral da pasta, Ervino Deon.

Durante o encontro, foram detalhadas as principais diferenças entre os três tipos de atendimento para EJA: na forma de estudos realizados em escolas públicas e privadas onde é exigida presença mínima em 75% das aulas (EJA presencial); nos exames supletivos fracionados, no qual os alunos organizam seus momentos de aprendizagem e avaliações formais, sem estar vinculados às instituições com a obrigatoriedade da freqüência (Neejas) e o exame supletivo de oportunidade única, que ocorre uma vez por ano (Encceja).

Além disso, Sônia Balzano exemplificou as mudanças gerenciais e de remanejamento de professores feitas em dois Neejas de Porto Alegre, que estavam atuando de forma diferente às leis e normas vigentes. A diretora reiterou que a Secretaria não pretende, com essas ações, fechar os núcleos.

De acordo com a secretária adjunta da Educação, Salete Cadore, há uma preocupação da Seduc em saber como estão sendo usados os recursos financeiros no gerenciamento do quadro de pessoal nas escolas estaduais. Salete reforçou que a maior parte das verbas do orçamento estadual para a Educação é aplicada nos vencimentos dos professores, servidores e aposentados. Do total, cerca de 85% vai para o pagamento da folha, sobrando apenas 10% para gastos com custeio e 5% para investimentos. "É necessário conduzir de maneira responsável a gestão de recursos humanos para melhorar a qualidade da Educação pública gaúcha", afirmou a secretária adjunta.

Neejas
Ao todo, a rede estadual possui 25 Núcleos de Educação de Jovens e Adultos (Neeja) funcionando em ambiente escolar e 12 são voltados para o atendimento da população carcerária. O Neeja é um estabelecimento de ensino que não se caracteriza como escola, mas um espaço educativo para a oferta de exames supletivos fracionados aos jovens e adultos que buscam a certificação de estudos. Esses estabelecimentos podem oferecer atendimento individual ou coletivo, de acordo com horário previamente estabelecido para três turnos.

No Neeja, os alunos organizam seus momentos de aprendizagem e avaliações formais, sem se vincular às instituições com a obrigatoriedade da freqüência exigida nos cursos presenciais. Quando ingressa no Neeja, o estudante passa por uma avaliação de conhecimento adquiridos em estudos formais e informais realizados ao longo da vida. O objetivo dessa avaliação é orientar os exames fracionados e o apoio pedagógico.


Fonte:   Secretaria Estadual da Educação



Fotos Adicionais



Classificação Média dos Visitantes:    3.50 (até 5)
Número de votos: 4 Votos

Vote no artigo:
 Comentários dos visitantes (2)
escreva um comentário (NÃO é para contatar o site)
Sim, um absurdo uma escola q nao exige frequencia minima dos alunos, se inscrevem e muitos sequer retornam. Mais absurdo ainda é o fato de nao haver Neejas nas cidades da grande PoA, sobrecarregando os existentes em PoA. Por favor, o municipio de Gravatai nao possuir Neeja é um absurdo, assim como outras da grande PoA, formando filas quilometricas nos poucos q possuem em PoA.
12/06/2008 - Servidor de Neeja
OI MEU NOME É TELMA E VENHO POR MEIO DESTA FAZER UMA RECLAMAÇÃO SOBRE O NEEJA
EU ESTUDEI EM RIO GRANDE RS E NÃO CONSEGUI TERMINAR MEUS ESTUDOS POR LA,E QUIS PEGAR MEU HISTÓRICO,PARA QUE EU CONSEGUISSE UMA VAGA NO RIO DE JANEIRO EM UMA ESCOLA POR AQUI MAIS INFELIZMENTE EU NÃO PUDE PEGAR, POIS ELES ACHAM QUE A GENTE SÓ PODE PEGAR SE TERMINAR POR LA,EU ACHO ISSO UM ABSURDO ,SENDO QUE O HISTÓRICO É UM DIREITO MEU...E ELES ESTÃO ME IMPEDINDO DE TERMINAR OS MEUS ESTUDOS
O NEEJA QUE EU ESTOU FALANDO É UM QUE TEM NO CENTRO DE RIO GRANDE EM FRENTE A PRAÇA TAMANDARÉ(DO LADO ESQUERDO)
23/03/2009 - TELMA LEITE OLIVEIRA




 
     

 


Mapa do Site | Termos de Uso | Política de Privacidade | Fale a Seus Amigos |

Copyright © 1995-2014, Infomídia Produções. Todos os direitos reservados.
Este é um site de divulgação sobre o Estado do Rio Grande do Sul. Quer contribuir? Sua contribuição será muito bem-vinda.