Buscar em     por     
     Minha Conta/Login | Publicidade | Contato     

     Home    PUBLICAR   CADASTRO   Pets Brasil   Postais   Busca RS   Ajuda










  Categorias

Ver Todas as Categorias

Procurar por municípios


  Serviços

Procura um novo amor? Cadastre-se grátis no Cupido BR

Mande postais gratuitos do RS e de todo o país. Agende eventos


  Destacados


Dr. MARCO TÚLIO VICHINSKI ROCHA



     

Você está na seguinte Editoria:   Home > Notícias > Justiça

Justiça decidiu sobre direito de preferência na subscrição de ações da Petroquímica Triunfo

Comentários | Adicionar a Favoritos | Enviar a Amigos |


Publicação: 04/05/2009

A 16ª Câmara Cível do TJRS entendeu nesta tarde (30/4) que a Petroplastic Indústria de Artefatos Plásticos Ltda poderá exercer seu direito de preferência na compra de ações oferecidas em 1986 para a integralização de capital da Petroquímica Triunfo, conforme acordo de acionistas, devendo depositar em juízo o valor das ações que pretender subscrever.

Os valores que vierem a ser depositados pela Petroplastic deverão ser corrigidos monetariamente pelo INPC até março de 1989 e depois pelo IGP-M, desde a data dos efetivos pagamentos em que a Petroquisa – Petrobras Química S.A. indevidamente fez o aporte financeiro para adquirir as ações da Petroquímica Triunfo que já vinham sendo discutidas judicialmente desde 1985.

Os três diferentes recursos foram relatados pela Desembargadora Ana Maria Nedel Scalzilli. Votaram com a magistrada os Desembargadores Marco Aurélio dos Santos Caminha, que  presidiu os julgamentos, e Paulo Sérgio Scarparo. Para o Tribunal, as decisões definem o rumo definitivo da solução das questões envolvendo ações da Petroquímica Triunfo, surgidas há 24 anos.

Afirmou a Desembargadora Scalzilli que “incumbe que a Petroplastic, primeiramente, deposite em juízo o valor correspondente ao aporte de capital que deveria ter procedido na época, corrigido (...), o qual deverá ser entregue à Petroquisa, concomitante à transferência de propriedade dos referidos títulos, a ser procedida pela Petroquímica Triunfo S.A. em seus registros”.

Enquanto não ocorrer o depósito, sinaliza a magistrada, “é a Petrobrás Química S.A. – Petroquisa a proprietária das ações, cabendo-lhe os direitos e obrigações daí decorrentes, aí incluído o recebimento dos dividendos”.  

Procs. 70028668010, 70028668101 e 70029211026



Fonte:   TJRS



Fotos Adicionais



Classificação Média dos Visitantes:    0.00 (até 5)
Número de votos: 0 Votos

Vote no artigo:
 Comentários dos visitantes (0)
escreva um comentário (NÃO é para contatar o site)
(Não foram encontrados comentários. O seu pode ser o primeiro!)




 
     

 


Mapa do Site | Termos de Uso | Política de Privacidade | Fale a Seus Amigos |

Copyright © 1995-2014, Infomídia Produções. Todos os direitos reservados.
Este é um site de divulgação sobre o Estado do Rio Grande do Sul. Quer contribuir? Sua contribuição será muito bem-vinda.