Buscar em     por     
     Minha Conta/Login | Publicidade | Contato     

     Home    PUBLICAR   CADASTRO   Pets Brasil   Postais   Busca RS   Ajuda










  Categorias

Ver Todas as Categorias

Procurar por municípios


  Serviços

Procura um novo amor? Cadastre-se grátis no Cupido BR

Mande postais gratuitos do RS e de todo o país. Agende eventos


  Destacados


Dr. MARCO TÚLIO VICHINSKI ROCHA



     

Você está aqui:   Home > Meio Ambiente > Os dinossauros gaúchos

A cidade de Santa Maria e a paleontologia: novos achados de dinossauros depois de 18 anos

Comentários | Adicionar a Favoritos | Enviar a Amigos |


Page Views: 4120
Publicação: 08/09/2007

 No primeiro trimestre de 1998, foram realizadas três expedições de coleta pela equipe do Laboratório de Paleontologia do Museu de Ciências e Tecnologia da PUCRS à região de Santa Maria. O trabalho de prospecção foi concentrado na BR-509 próximo ao trevo para Camobi. Além de demonstrar ser altamente fossilifera, esta área apresentava outros pontos favoráveis: a diversidade da fauna, a grande extensão horizontal e vertical do afloramento; a ausência de vegetação, fácil acesso ao local e a enorme quantidade de fósseis já expostos pelo intemperismo. A primeira coleta ocorreu em janeiro de 1998, quando encontrou-se um dinossauro e vários outros répteis de idade Triássica, evidenciando uma fauna diversificada e inédita para o Rio Grande do Sul. Nesta primeira expedição foi coletado o pós-crânio do que seria um dos mais antigos dinossauros já encontrado no mundo. Em fevereiro de 1998, numa segunda expedição em busca do crânio deste indivíduo, encontrou-se mais dois exemplares do mesmo dinossauro.
 
 O trabalho de coleta é diferenciado de acordo com o tamanho e estado de preservação do material. Diversos materiais isolados e dispersos sobre a superfície, como dentes e ossos, foram facilmente coletados com a mão, sem o uso de técnicas ou instrumentos especiais. Entretanto, para a coleta dos esqueletos ou partes de esqueletos ainda articulados, foi necessário a adoção de alguns cuidados. Primeiramente, o material é limpo o melhor possível com pincéis e espátulas ao mesmo tempo em que vai sendo reforçado com laca e cola para evitar o trincamento e perda de fragmentos. Pedaços menores e fragmentos são enrolados individualmente e com cuidado em algodão e jornais. O material é isolado da rocha circundante até onde é possível, desde que não comprometa a articulação das peças. Para isso, são utilizados martelos, talhadeiras, picaretas, marretas e pás buscando isolar o máximo possível o fóssil. Antes da retirada da rocha, o bloco contendo o esqueleto é totalmente envolto com camadas de gesso e gases. Este procedimento evita o fraturamento da rocha e, por conseqüência, dos fósseis, durante a retirada e o transporte para o laboratório.
 
 No laboratório as condições são mais favoráveis ao exame delicado que o esqueleto requer. Abre-se os blocos com serras e, com auxílio de lupa, agulhas, pinças e brocas, os fósseis são cuidadosamente isolados e retirados da rocha. A partir de então, procede-se ao acondicionamento dos fósseis em depositórios adequados e ao seu registro no catálogo da coleção. Após estes procedimentos, os materiais podem ser devidamente estudados.
 

 
 
Sobre os Dinossauros, Rincossauros e Cinodontes encontrados nos arredores de Santa Maria
 
 Os três indivíduos de dinossauros, procedem de um mesmo nível da Formação Santa Maria.
 - Os ossos do primeiro espécimen achado eram do pós-crânio, correspondendo à coluna vertebral, desde as primeiras vértebras cervicais até as caudais anteriores, ambas escápulas, úmero e parte proximal da ulna direita, cintura pélvica completa com fêmures de ambos os lados, tíbia fibula e tarsais do lado direito.
 - O segundo indivíduo apresenta igualmente a cintura pélvica e fêmur esquerdo, e também escapula e úmero direito e algumas vértebras. Associado a este indivíduo se encontrou parte do molde interno da mandíbula com restos das coroas dos dentes.
 - Do terceiro indivíduo se registraram a parte distal da tíbia e algumas falanges.
 - Partes dos esqueletos dos três espécimes estão ainda cobertos por rocha, e por isso não são descartadas possíveis novidades sobre a informação que o novo material represente quanto ao grau de conhecimento do animal.
 
 Os elementos até agora estudados evidenciam que este novo dinossauroseria um prosaurópodo, talvez o mais primitivo deste grupo. Entre as características que podemos destacar temos as coroas dentárias em forma de folha com seus bordos serrilhados, atestando sua provável dieta herbívora, que poderia incluir, também, pequenos animais. Na pélvis, com misturas de características notáveis, destaca-se o fato de que o acetábulo não seja perfurado, sendo uma notável diferenciação em relação à grande maioria de dinossauros basais. Se estima que o exemplar teria tido um metro e meio de comprimento e 50 cm de altura, sendo portando, como é comum à maioria dos dinossauros basais, de tamanho bem moderado.
 
 Associados aos mesmos níveis com as ossadas de dinossauros, também foram coletados restos de dois rincossauros e um cinodonte herbívoro. O achado de uma grande quantidade de outras peças isoladas de rincossauros permite inferir que esta forma teria sido a dominante da comunidade, algo característico da Zona de Associação de Rincossauro, como foram denominados estes níveis da Formação Santa Maria. Com respeito ao cinodonte, foram encontrados elementos pós-cranianos tais como: cintura escapular completa, vértebras e fragmentos das extremidades dos membros. Não há restos cranianos articulados, porém foram coletados dentes caninos dispersos que permitem associar os achados do grupo dos cinodontes traversodontídeos. Estes animais se caracterizavam por apresentar seus dentes pós-caninos alargados transversalmente, para a oclusão. Esta característica permitiu inferir o modo de alimentação de herbívoro ou omnívoro.


Fonte:   (Relatório da Dra. Maria Cláudia Malabarba e do Dr. Nestor Fernando Abdala, do Laboratório de Paleontologia do Museu de Ciências e Tecnologia da PUCRS)





Fotos Adicionais




 


Classificação Média dos Visitantes:    4.17 (até 5)
Número de votos: 6 Votos

Vote no artigo:
 Comentários dos visitantes (0)
escreva um comentário (NÃO é para contatar o site)
(Não foram encontrados comentários. O seu pode ser o primeiro!)




 
     

 


Mapa do Site | Termos de Uso | Política de Privacidade | Fale a Seus Amigos |

Copyright © 1995-2014, Infomídia Produções. Todos os direitos reservados.
Este é um site de divulgação sobre o Estado do Rio Grande do Sul. Quer contribuir? Sua contribuição será muito bem-vinda.